Web Stories

Hoje é dia 25 de janeiro de 2022 o que significa que falta exatamente um mês para a estreia de “De Volta aos 15“, série original da Netflix inspirada no meu primeiro romance de mesmo nome publicado em 2013 pela Editora Gutenberg. Nesses últimos anos, desde que recebi a proposta e vendi os direitos da trilogia para a produtora, me preparei mentalmente para todos os cenários possíveis. Tipo o projeto nunca realmente sair do papel, a roteirista odiar a história original ou o público não curtir a novidade tanto assim. Não me entenda errado. É óbvio que eu queria que tudo desse certo. Esse é o meu sonho grande. O que vem depois de eu conseguir publicar um livro, entrar para a lista dos mais vendidos e fazer um lançamento na Bienal com filas gigantes e intermináveis. Acho que criei esse mecanismo de defesa estranho para me proteger de qualquer frustração em projetos que pra acontecerem, não dependem só de mim. É impossível não ficar ansiosa com o interesse de uma das maiores empresas do mundo pela sua história, mas eu sinto que entrei nessa jornada já grata simplesmente por estar ali sendo uma das possibilidades.

Tudo foi caminhando sigilosamente de 2019 pra cá e, aos poucos, o universo fascinante e desconhecido do audiovisual começou a fazer parte (remotamente) da minha realidade. Faço o que eu faço aqui na internet há muitos anos, vocês provavelmente acompanharam todas as fases, mas nada se compara ao que eu senti aqui. Ser desafiada profissionalmente e aprender a delegar me proporcionou um frio na barriga que eu não sentia há muito tempo e também uma vontade louca de aprender o máximo possível com todas as pessoas que eu estava conhecendo e reencontrando (oi, Ale) através dessa oportunidade.

Primeiro me apresentaram a roteirista, Janaina Tokitaka, e algumas semanas depois e infinitas trocas de mensagens, nos aproximamos muito. Tive a oportunidade de ser consultora da sala de roteiro da série e vi que a história estava sendo bem aproveitada, com atualizações importantes e mudanças necessárias. Isso me deixou muito (mesmo) tranquila e confiante.

Acho que foi a escolha do elenco que fez a ficha realmente cair pra mim. Não participei dos testes ou da seleção com a produtora, o que fez um momento específico ser extremamente memorável: a reunião em que eu recebi e abri o arquivo com os nomes dos atores e seus respectivos personagens. Imaginar as cenas com cada um deles pela primeira vez. Não era mais um sonho, era realidade. Anita seria Maisa e Camila Queiroz, duas atrizes muito queridas e talentosas, que eu admiro muito. Outros nomes que fizeram parte da minha adolescência também estavam confirmados na série. Respira. Respira. Respira.

Em 2021 meu presente de aniversário do universo foi visitar o set de gravação da série. Por conta da pandemia e de todo o protocolo de segurança, fui apenas duas vezes. Ainda sim, que alegria estar ali.

– qual o seu nome? qual função coloco aqui na ficha?
– sou a autora do livro que inspirou a série

(diálogos memoráveis e outros surtos)

Lembro de reparar nos detalhes daquele cenário e perceber que era muito parecido com o hotel que eu me hospedei em Paris (daquele concurso que eu ganhei em 2011, sabe?) e me inspirei para escrever aquela cena da história. Lembro de autografar uma edição do livro todo grifado pela diretora Vivi Jundi. Ali eu entendi quantos profissionais são necessárias para páginas de um roteiro se transformarem em uma série de verdade. Pra ser sincera, queria ter saído pra tomar um café com todo mundo. Queria ter feito mil perguntas. Queria parar o tempo para que aqueles dias durassem um pouquinho mais. Observei tudo acontecendo bem na minha frente e naquele final de tarde, agradeci por cada decisão tomada até ali. Eu não teria feito nada diferente, nem se assim como a Anita, eu pudesse.

Fiz esse post hoje aqui para eu nunca esquecer de como eu estou me sentindo nesse exato momento. É um misto de ansiedade, felicidade e gratidão. Essa mistura me faz querer estudar e aprender ainda mais, para eu sempre me sentir pronta e preparada para cada oportunidade que surgir. Obrigada por fazerem parte dessa jornada e, agora vocês já sabem, dia 25 do próximo mês temos um encontrado marcado lá na Netflix.

  • Sinopse oficial 

“De Volta aos 15” acompanha Anita, uma mulher de 30 anos que acaba voltando para quando tinha apenas 15 anos. A jovem acaba tentando consertar a vida de todos ao seu redor, porém cada mudança no passado impacta o futuro de todos e nem sempre para melhor. Anita tenta consertar a vida de Carol (Klara Castanho), sua prima que está envolvida com o maior boy lixo da cidade; de Luiza (Amanda Azevedo), sua irmã que vive presa no papel de princesinha da cidade; de César (Pedro Vinícius), seu novo amigo que precisa de coragem para ser quem é; e de Henrique (Caio Cabral), seu melhor amigo nerd que é secretamente apaixonado por ela.

    • Conheça o elenco

Maisa Silva como Anita
Camila Queiroz como Anita (adulta)
Klara Castanho como Carol
Yana Sardenberg como Carol (adulta)
Pedro Ottoni como Leonardo
João Guilherme como Fabrício
Bruno Montaleone como Fabrício (adulto)
Amanda Azevedo como Luiza
Mariana Rios como Luiza (adulta)
Pedro Vinícius como César
Alice Marcone como Camila (adulta)
Caio Cabral como Henrique
Breno Ferreira como Henrique (adulto)
Gabriel Wiedemann como Eduardo
Fabrício Licursi como Eduardo (adulto)
Lucca Picon como Douglas
Rafael Coimbra como Douglas (adulto)
Antônio Carrara como Joel
Gabriel Stauffer como Joel (adulto)
Fernanda Bessan
Paulo Mucheroni
Luciana Braga como Vânia, mãe da Anita e da Luiza
Felipe Camargo como pai da Anita e da Luiza

Imagens: Divulgação / Netflix 2022

posts favoritos
novidades

Podcast Depois dos Quinze #25 – Histórias que inventamos para nós mesmas

No episódio de hoje do nosso podcast, conversamos sobre as lições de vida e insights que tivemos depois da participação de Brené Brown no programa Red Table Talk (assista aqui). Você quer se agradar ou agradar os outros? Você se trai quando••• Continue Lendo

Tudo sobre a minha Collab de vestidos com a So Cute

Enquanto eu encarava a folha em branco, fui lá fora vestida de coragem e escrevi a minha própria história. Essas novas aventuras se transformaram em memórias e com essa collab ficaram eternizadas em vestidos: Tá no ar minha primeira collab••• Continue Lendo

Onde comprar velas na internet?

Imagine um aroma delicioso invadindo todo o ambiente em que você tá agora. É bem isso que esse post traz: selecionamos as marcas de velas mais legais do Instagram pra você relaxar com um cheirinho gostoso, deixar o seu quarto mais bonito, dar••• Continue Lendo

Sobre um livro que nos faz ganhar tempo

Pensa num livro que foi unanimidade por aqui? A Bru comprou o “A Book That Takes Its Time” ainda quando morava em San Francisco, até falou dele aqui no blog, e desde então a gente ficou louca pra ler também. Quando ela chegou••• Continue Lendo

Podcast Depois dos Quinze #24 – Falta de comunicação

O tema do podcast de hoje é a falta de comunicação. Depois de assistirmos à série Normal People, esse assunto ficou em destaque por aqui e nesses minutinhos trouxemos uma conversa que busca pensar nisso sobre todas as óticas: falta de comunicação nos••• Continue Lendo

Três apps que te ajudam a cultivar bons hábitos

O dia de hoje foi meio lento por aí? As vezes quando o tempo lá fora tá ruim, aqui dentro a gente acaba ficando no desânimo também. Para isso não se repetir amanhã, listamos três apps que nos ajudam a cultivar bons hábitos:••• Continue Lendo

Os melhores livros sobre menstruação

Como é a sua relação com o seu ciclo menstrual? Entender os processos que acontecem dentro do nosso corpo ao longo do mês é um dos caminhos mais importantes e desafiadores do autoconhecimento. Isso reverbera em outras áreas da nossa vida como a••• Continue Lendo

Jogos relaxantes pra jogar no celular Seis mulheres pra seguir se você ama ler Resenha: O Que Dizem as Estrelas – Luly Trigo Os tapetes diferentes da April