Skincare foi um dos assuntos mais presentes na minha vida em 2020. Com tantas opções diferentes disponíveis no mercado, entendi que pra criar uma rotina que realmente funciona pra minha pele seria importante entender um pouquinho da fórmula dos produtos que estava querendo investir.

Será que eu preciso usar ácido? O que eles realmente fazem na pele?

Hoje vou falar um pouquinho mais sobre o ácido lático, conhecido na internet por ser um ativo com ótimas resultados, só que mais “brando” para a pele. É uma opção pra quem tem a pele sensível e quer começar aos pouquinhos.

Esse é um ácido que todas as peles tendem a se dar bem porque ele é mais gentil, muito bom para iniciantes. Ele traz vários benefícios pra nossa pele (e principalmente a pele acneica, assim como a minha), só que por ser mais suave, ele ajuda até quem tem a pele mais sensível, sabe? Por ser mais suave ele age suavizando as linhas de um jeito menos “irritante” que os outros ácidos. Ele também é conhecido por estimular a produção de colágeno e ajudar a limpar os poros, removendo a pele morta.

O SÉRUM DA CREAMY

Eu já conhecia a marca Creamy porque alterno o uso entre o ácido mandélico e o glicólico, mas depois de saber mais sobre o ácido lático, perguntei pra minha dermatologista se funcionaria para alguns momentos da minha pele e ela aprovou. E foi aí que eu comecei a usar o Creamy Lático. Ele vem nessa embalagem padrão da marca que eu sempre gostei muito: é prático para levar pra qualquer lugar, é fácil de diferenciar dos meus outros produtos da Creamy (porque cada um deles tem uma cor completamente diferente da outra, o que é ótimo) e para usar basta girar a parte de cima e apertar o pump. Depois, só girar de volta pra guardar. Uma verdadeira alegria não ter que ficar perdendo tampinhas pela casa ou não deixar o produto secar por descuido. haha ops!

Ácido lático na pele: a textura dele é aquosa e rende muito. Com essa porção eu consigo espalhar bem no rosto inteiro – sempre evitando a área dos olhos, tá?

Como comentei com vocês, esse é realmente um ácido mais suave do que os outros, então ele acaba sendo legal pra quem nunca usou AHAs ou procura um ácido com propriedades calmantes.

Vocês devem saber que a minha pele é mista a oleosa, mas a marca já avisou que o ativo super funciona para peles secas também. Na composição o ácido lático é quem faz a esfoliação da pele (química, não é aquela esfoliação que você sente pedacinhos no rosto e agredindo) e ajuda a clareá-la de acordo com que você vai usando. Já a niacinamida faz uma barreira protetora e vem como o composto que hidrata enquanto reduz a acne.

Se essa é a sua primeira jornada com produtos assim, aí vai uma dica MUITO importante: o uso de protetor solar durante o tratamento não é opcional. Você vai precisar passar filtro solar todos os dias pela manhã para que você consiga ver os reais resultados do ácido lático na pele, tá? Uma pele protegida responde muito melhor aos benefícios diários de skincare.

Onde comprar Creamy? Pelo site oficial da marca você consegue achar os produtos facilmente e num preço bem legal. :)

*esse post é publieditorial


posts favoritos
novidades

Resenha: Creamy Skincare é bom?

Se você chegou até esse post porque está em busca de uma rotina de cuidados com a pele que realmente funcione aí vai uma boa notícia: hoje vamos te apresentar uma marca nacional que tem chamado atenção das experts de skincare do••• Continue Lendo

Ácido lático: para que serve e como eu uso

Skincare foi um dos assuntos mais presentes na minha vida em 2020. Com tantas opções diferentes disponíveis no mercado, entendi que pra criar uma rotina que realmente funciona pra minha pele seria importante entender um pouquinho da fórmula dos produtos que estava••• Continue Lendo

Podcast Depois dos Quinze #26 – Para não dizer que eu não tentei

O podcast de hoje fala de um tema comum a todas nós: desafios. Conversamos sobre pequenos desafios do dia-a-dia e coisas que nos desafiam até em seus mais pequenos detalhes. Situações em casa, pensamentos que vem na nossa cabeça, manias que se tornam••• Continue Lendo

Podcast Depois dos Quinze #25 – Histórias que inventamos para nós mesmas

No episódio de hoje do nosso podcast, conversamos sobre as lições de vida e insights que tivemos depois da participação de Brené Brown no programa Red Table Talk (assista aqui). Você quer se agradar ou agradar os outros? Você se trai quando••• Continue Lendo

Tudo sobre a minha Collab de vestidos com a So Cute

Enquanto eu encarava a folha em branco, fui lá fora vestida de coragem e escrevi a minha própria história. Essas novas aventuras se transformaram em memórias e com essa collab ficaram eternizadas em vestidos: Tá no ar minha primeira collab••• Continue Lendo

Onde comprar velas na internet?

Imagine um aroma delicioso invadindo todo o ambiente em que você tá agora. É bem isso que esse post traz: selecionamos as marcas de velas mais legais do Instagram pra você relaxar com um cheirinho gostoso, deixar o seu quarto mais bonito, dar••• Continue Lendo

Sobre um livro que nos faz ganhar tempo

Pensa num livro que foi unanimidade por aqui? A Bru comprou o “A Book That Takes Its Time” ainda quando morava em San Francisco, até falou dele aqui no blog, e desde então a gente ficou louca pra ler também. Quando ela chegou••• Continue Lendo