Os textos da Taylor Swift!

Apesar de nunca ter chagado a publicar um livro, Taylor Swift sempre nos encantou com suas composições e respostas em entrevistas. A jovem de apenas 21 anos, ficou conhecida em 2008 e em poucos anos, ganhou diversos prêmios importantes no mundo da música.

Confesso que até pouco tempo atrás não curtia muito o trabalho da Taylor. Não costumo gostar de bandas e cantores que fazem aquele sucesso instantâneo e ficam conhecidos no mundo inteiro graças a mídia. Quando ouvia suas músicas na rádio, não conseguia diferencia-las, por isso duvidava um pouco do talento da moça.

Tudo isso mudou quando eu escutei a música “Speak Now” em algum filme ( uma comédia romântica qualquer), e fui correndo atrás de quem era a dona daquela voz. Fiquei surpresa quando vi que era da Taylor, então resolvi baixar o álbum completo.

Adivinha? Ela cantou sozinha a trilha sonora de quase uma semana da vida.

Taylor Swift

Quando comecei a ler um pouco mais sobre a sua história, me identifiquei bastante. Pra quem não sabe, ela mesmo escreve a maioria de suas músicas, todas para algum cara que já amou. E a melhor parte: Não tem medo de assumir isso.

Ela já teve vários rolos com famosos, entre eles: Joe Jonas, Taylor Lautner e John mayer e segundo dizem por aí, escreveu músicas sobre o relacionamento com eles, respectivamente “Forever & Always”,”Back To December”,”Dear John”.

Separei para vocês alguns dos meus trechos prediletos, espero que gostem:

“Quando você é uma garotinha, você acredita em contos de fadas e diz que vai encontrar o príncipe encantado e ele vai estar em qualquer lugar que você quiser que esteja. Nos contos de fadas, sempre é bem fácil descobrir o vilão, ele sempre está usando uma capa preta. Então você cresce, e percebe que o príncipe encantado não é tão fácil de encontrar como você pensou. O vilão não está usando uma capa preta, ele é bem engraçado, te faz rir e tem um cabelo perfeito”.

“Não tenho dormido ultimamente. Ficando acordada relembrando de como fui embora! Quando seu aniversário passou e eu não liguei, eu penso no verão, todas as horas bonitas. Eu assistia você rindo do lado do passageiro e eu percebi que amava você no outono. Depois veio o frio, com os dias escuros, quando o medo se arrastou na minha mente. Você me deu todo o seu amor, e tudo o que eu lhe dei foi um adeus.”

“Os fãs são, a minha coisa preferida no mundo inteiro. Eu nunca fui daquele tipo de artista que tem aquela linha a diferenciar os seus amigos dos seus fãs. Eu vou sair com eles depois dos concertos. Eu saio com eles antes dos concertos. Se eu os vir por aí, eu fico ali e falo com eles pelo menos 10 minutos. Não me interessa! Eu sou apenas uma jovem na escola secundária que tem um emprego melhor. Quem sou eu para pensar que sou melhor que falar com as pessoas.”

“Eu gosto de escrever canções sobre caras que me traem. Mas eu não vou falar sobre isso no meu Monólogo. Eu gosto de escrever o nome deles nas canções, para que eles tenham vergonha de sair em público. Mas eu não vou falar sobre isso no meu Monólogo.”

“Eu não sei o que eu quero, então não me pergunte, porque eu ainda estou tentando entender isso. Não sei onde essa estrada vai dar, eu estou apenas andando tentando ver através da chuva que vem caindo… embora eu não seja a única quem se sente do jeito que eu me sinto, eu estou sozinha, comigo mesma, e é tudo que eu sei eu serei forte, eu estarei errada,oh mas a vida continua eu sou apenas uma garota, tentando achar um lugar nesse mundo.”

Vocês tem alguma opinião sobre a Taylor? O que acharam dos trechos? Comentem!

 

111 comentários