look do dia

Viagem: uma tarde cinza na Torre Eiffel

paris-tour

Não tem como pensar em Paris sem lembrar de um dos monumentos mais famosos do mundo: a torre Eiffel. Construída em 1889 e localizada no Champ de Mars, ela tem 324 metros de altura e ganhou esse nome pra homenagear Gustave Eiffel, o cara que a projetou. São mais de 7 milhões de visitantes por ano e sabe qual o motivo de cada uma dessas pessoas cruzarem o planeta pra chegar até ali? O monumento francês é mágico. Ele carrega em si a constatação de muitos sonhos realizados. Estar ali, olhando ao vivo pra torre, pra muita gente (inclusive eu), é a certeza de que nada é impossível nessa vida. Nada mesmo.

No vlog, que vai pro ar em breve lá no nosso canal de vídeos no Youtube, compartilhei um pouquinho da experiência e também mostrei como é simples chegar no monumento usando o transporte público da cidade. Pra deixar vocês curiosas também fotografei o look que usei no dia. O vestido com estampa floral e a camisa jeans são da Forever 21. O coturno preto da Rainbow, batom Ruby Woo e o óculos Go Eyewear.

blogger-bruna-parislook-em-parisbruna-torre-parisnhamiparisbloggeragua-parisparis-bruanvieiraparis-viagemdepoisdosquinze-frcroquerindorindodonutsparis-bruna-vieiraemparisdonuts-parisnoivaparis-brinquedo

Gostou das fotos? Então acompanhe a viagem em tempo real lá no meu Instagram.

56 comentários

Viagem: os jardins de Monet em Giverny

floresbr

Esse lugar lindo da foto existe e fica em Giverny, uma pequena comuna francesa localizada nos arredores de Paris. Se você tem a impressão de que já ouviu esse nome antes, talvez na aula de história ou literatura, a culpa é das estrelas de Claude Monet. Um dos maiores pintores impressionistas que já existiu.

O cara gostava tanto de luz, natureza e cor que cultivou um lindo jardim no quintal de casa. Seu “escritório ao ar livre” era tão inspirador e impressionante (rs) que acabou aparecendo em alguns de seus quatros mais famosos. Em outras palavras, Monet criou o cenário que gostaria de pintar.

Hoje em dia a casa virou um museu e está aberta para visitação em alguns períodos do ano (mais detalhes nesse site). É, sem dúvidas, uma parada obrigatória pra quem quer conhecer um pouco mais da arte francesa e sair do roteiro tradicional de pontos turísticos de Paris.

Eu e meu irmão fizemos o passeio pela Tam Viagens, com transfer na ida e na volta, mas pesquisando na internet agora descobri que também dá pra ir de trem e não é complicado. Passamos a manhã toda em Giverney conhecendo o jardim do pintor e um pouquinho das ruas ao redor. Almoçamos pizza num restaurante local e de sobremesa experimentamos o sorvete que estavam vendendo na porta. Nada mau para o segundo dia de viagem, né? Amei!

mapasorvete-parisplacaGivernyflores-Giverny-floresssorveterabocavalocaminhofloresemGivernyGivernylookdodiafloresflores-Givernyplacapintorcriancas-pintandoarvorerestaurante-Givernyflores-em-paris

Gostou das fotos? Então acompanhe a viagem em tempo real lá no meu Instagram.

91 comentários

Viagem: férias, Louvre e o Palácio de Versalhes

bruna-paris

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer na vida é viajar. Esse é o tema do novo layout do blog, o motivo pelo qual economizo grana durante o ano todo e também o jeito que encontrei de me conhecer melhor. Nada nos ensina tanto quanto deixar o medo de lado, fazer as malas e embarcar pra algum lugar novo. Seja outra cidade, estado ou, quando der, país. A aventura fica completa quando se tem uma boa companhia, alguém pra compartilhar toda experiência e registrar tudo.

Alguém da família. Já faz um tempinho que to planejando viajar com meu irmão. Ele nunca tinha entrado num avião e sonhava em conhecer a Europa. Então, aproveitamos as férias no emprego dele lá em Minas e a minha folga graças aos jogos da Copa, para criar um roteiro especial com três países incríveis: França, Inglaterra e Irlanda.

Nossa parada inicial foi em Paris. Um dos lugares mais especiais que já estive, pois foi meu primeiro destino internacional, a viagem que me fez acreditar no blog e inspirou alguns capítulos do livro “De Volta Aos Quinze“. Acho que nem preciso dar mais motivos pra estar aqui na cidade luz. Esse lugar é incrível e eu espero conseguir voltar sempre que possível. Não importa quanto eu conheça, sempre haverá um detalhe novo que vai surpreender e me fazer gostar ainda mais da cidade.

Quem colaborou com essa história toda foi a Tam Viagens. Eles escolheram hotéis especiais em cada país e passeios diferentes pra gente explorar cada segundo nos destinos.

Pousamos no aeroporto no final da tarde e o céu estava bem claro. Nessa época do ano aqui só anoitece por volta das 10 da noite, então quando chegamos ao hotel o sol ainda estava no céu. Aproveitamos pra passear no bairro e comprar algumas coisas no mercadinho da esquina. Sabia que aqui também tem Carrefour? Em viagens assim, pra economizar grana, é legal comprar algumas coisas e deixar estocado no quarto do hotel. Quando der fome a noite, ao invés de gastar uma grana no restaurante, dá pra enganar o estômago com frutas e guloseimas baratinhas.

No dia seguinte o guia da Tam Viagens veio nos buscar e fomos pra Versalhes. Mais ou menos 40 minutos de viagem. O castelo real é bem famoso e conhecido por ter se tornado o centro da corte e do governo francês (possui 700 quartos, 2 mil janelas e mais de 1000 lareiras). O jardim também é enorme e incrível. Tanto que foi inspiração e cenário pra vários filmes e até jogos. Já jogou Pokémon Xy?

Na volta, resolvemos pedir para que nos deixassem no centro da cidade e com a ajuda do Google Maps (comprei um chip por 30 euros na Orange), fomos caminhando até o Museu do Louvre. Como tá bem calor e a cidade tá cheia, havia muitos turistas se refrescando por ali.

Voltamos pro hotel de metrô no finalzinho do dia. Ainda estava claro. O transporte público aqui, apesar de velho, é bem eficaz. São muitas linhas e estações. Você consegue ir pra qualquer canto da cidade com menos de 2 euros.

É isso! Em breve conto mais detalhes do hotel e roteiro, nossos passeios por aqui só estão começando. Fiz questão de registrar cada detalhe para compartilhar com vocês. Como não se apaixonar por esse lugar, hein?

bandeirasparis1louvre01placascafe-da-manhainhocasesiphonenolouvrepalacioplacaslabirintobosqueestatuaem-paristeto-palacioportoes-douradosvento-palaciobordadaparede-louvre

Gostou das fotos? Então acompanhe a viagem em tempo real lá no meu Instagram.

80 comentários