Você sabe que pode voar

11 de janeiro de 2017
você está lendo Você sabe que pode voar
compta

Foto: Reprodução/@frogirlginny

De vez em quando, a gente se sente como um passarinho na gaiola. Não sabemos quem nos colocou ali e a bagunça parece tão grande que qualquer passo em falso pode resultar num tremendo tropeção. E quem é que quer se machucar?

É por isso que você permanece sempre assim: a mesma. Só deixando a mente voar e imaginar o que seria de ti caso experimentasse ser mais. Se fizesse mais. Se explodisse a cela que te aprisiona e partisse para onde você quisesse – e do jeito que bem entendesse!

E se você pudesse se reinventar totalmente, deixando para trás tudo aquilo que todo mundo sabe sobre você e, do dia para a noite, se tornasse uma outra pessoa completamente diferente – você o faria? 

Seria possível esquecer as opiniões externas e focar apenas em si mesma e em sua felicidade. Sem se importar (nem um pouquinho!) se os outros achariam tudo muito estranho. Sabendo, aliás, que aqueles que gostam da sua essência permanecerão, independente do que você escolher para sua vida. O resto? Ah… é resto! A partir de agora, virá muito mais.

Podemos procurar a graça e a beleza em cada reaprender dos novos capítulos de nossa jornada, nos divertindo (e muito) ao admirar cada parte de nossa rotina de uma forma inédita, vivendo o cotidiano como nunca ousamos fazer antes! E por falar em ousar…

Arriscar é válido. Mergulhe com tudo, sem medo de se machucar ou de se molhar numa água muito fria, e esteja pronta para qualquer parada: agora, meu bem, é a sua parada.

Como seria? Será que a felicidade viveria ao seu lado e que seria mais fácil encarar as coisas de uma forma leve? Você gostaria de experimentar isso tudo? Pode até ser que por aí surjam algumas dúvidas, mas, no fundo, você sabe bem que há uma voz que se anima e anseia pelas possibilidades até então ignoradas por seu eu de hoje.

E ela grita: largue essa cela. Você sabe que pode voar.