Quero ser vegana: e agora?

28 de março de 2016
você está lendo Quero ser vegana: e agora?
vegana

Foto: Reprodução

O veganismo conquista mais adeptos a cada dia. Antigamente, um monte de gente via os veganos com um certo preconceito, afirmando que não havia como adotar o estilo de vida vegan sem ficar com deficiência de tal proteína ou tal vitamina. Hoje em dia, há muitos profissionais da área que, baseando-se em vários estudos, dizem que dá sim para elaborar um cardápio saudável, completo e eficaz sem utilizar produtos de origem animal! Se você se interessa pelo assunto ou está em um período de transição, pensando a respeito e esperando só um pequeno incentivo para mergulhar nisso de vez, dê uma chance a este post. Selecionamos links que vão te ajudar bastante a entender melhor esta forma de viver e de se alimentar com vida. =)

Informações básicas
O site Seja Vegano reuniu as informações básicas que te ajudam a dar o pontapé inicial no veganismo. Ele explica que as pessoas veganas comem muito bem e de forma variada e, além disso, nos oferece receitas veganas, um mapa de restaurantes vegan, dá a dica de documentários imperdíveis para entender o veganismo e fornece dados em números atualizados a respeito da quantidade de animais mortos para consumo, das doenças modernas que são de origem animal e das emissões mundiais de gases do efeito estufa causados pela pecuária.

Cinco mitos da dieta vegana
Você ainda não virou vegana por conta dos boatos que costuma ouvir por aí? Filtre-os! Muita informação divulgada é errada. Em sua coluna no Estadão, Ana Paula Scinocca lista cinco mitos comuns que rondam o veganismo, que são: a “necessária” substituição da carne por ovos e laticínios, o tal do risco de deficiência de ferro, os aminoácidos supostamente ausentes no reino vegetal, a ligação da carência de cálcio com a falta de leite de vaca e a carência de vitamina B12.

Relato de início do veganismo
A Nyle já tem o blog Lookaholic há algum tempo e manda bem nas dicas de moda sustentável, beleza natural e alimentação vegana. Mas foi lá em 2014 que ela deu o primeiro passo para o veganismo e, neste post de março do mesmo ano, nos explica em detalhes o início da dieta. No link, você confere um relato intimista sobre qual era sua principal dificuldade, como ela fez para lidar com isso, se a alimentação vegana custou mais caro e como ela melhorou sua pele e ficou ainda mais feliz com os benefícios éticos, ambientais, nutricionais e sociais da opção.

Relato sobre ser vegana
Assim como a Nyle, a Bia faz um relato sobre suas dificuldades e descobertas no mundo do veganismo. Como o cuidado com a alimentação deixou de ser uma preocupação e se transformou em algo natural do cotidiano dela? No post, a Bia conta quais são seus blogs de receitas favoritos, os artigos que a fizeram abrir os olhos para o consumo de leite e ovos, onde ela compra produtos veganos e quais restaurantes costuma frequentar.

veganismo

Foto: Foot Print Fashions

Dicas para se tornar vegana
Ok! Você está certa do que quer e agora começará cortando os alimentos que não comerá mais. Certo? Errado! Vamos com calma: no link do site Papa Capim Veg, você aprende a adicionar novos alimentos primeiro, antes de subtrair outros! Também vai ler sobre como diminuir progressivamente o consumo de produtos de origem animal, como veganizar pratos que sempre fizeram parte de sua dieta, aprender o básico da nutrição vegana, incluir frutos e sementes oleaginosas em seu cardápio diário e muitas outras dicas que com certeza trarão mudanças positivas em várias áreas da sua vida. :)

Celebridades que são veganas
Você vai se tornar vegana por conta de seus próprios princípios e vontades, mas vamos confessar: inspiração nunca é demais, certo? Neste link, você confere algumas celebridades que também aderiram ao veganismo e vão muito bem, obrigada! Atrizes como Olivia Wilde e Alicia Silverstone, o vocalista Jared Leto e a apresentadora Ellen DeGeneres só viram benefícios com a transição!

Muito legal, né? Se para você só faltava um empurrãozinho, agora não falta mais! Além destes links, converse com pessoas que são veganas, busque opiniões de gente que já estudou bastante a respeito do assunto, consulte o seu nutricionista e siga o seu coração. Seu corpo e o mundo agradecem!