Olhando para a mesma direção

14 de fevereiro de 2016
você está lendo Olhando para a mesma direção
texto-de-amor

Reprodução/Tumblr

Acalenta o coração. Deixa a alma mais serena e, de repente, existe uma parte de mim vivendo em outro corpo. Eu pensei que não sentiria essa sensação tão confortadora, quentinha e, bom, não tem adjetivo melhor: apaixonante. Saber que, depois de tanto andar, conseguimos chegar juntos neste ponto em comum. Hoje estamos aqui, olhando para a mesma direção.

Por muito tempo, eu pensei que iria andar e andar e, quando chegasse a algum lugar, não existiria ninguém esperando por mim aqui onde estou agora. A vida é mesmo muito engraçada, não é? Quando adolescentes, achamos que qualquer um pode ser o nosso grande amor e, na menor das decepções, acreditamos fielmente que não nascemos para viver um romance arrebatador. Que bobagem!

De várias experiências, das agradáveis até as que me fizeram derrubar algumas lágrimas, tenho apenas que admitir que uma coisa é certa: foi graças às decepções anteriores que consegui dar a mim mesma o valor do qual necessitava. Não caí naquele velho conto de que “é impossível ser feliz sozinho” e fui, por muito tempo, feliz de verdade, mesmo sem fazer par. Entender que não preciso de ninguém para ser feliz foi essencial, e é por isso mesmo que consegui andar por tanto tempo assim, desacompanhada. A caminhada ficou bem mais leve e tranquila – e foi por causa dessa minha percepção que consegui formar a personalidade que tenho hoje. Imagina só se eu ficasse parada, apenas vendo a vida passar?

Então agora eu te encontrei e a situação mudou ainda mais. Aqueles filmes tão bobos, água com açúcar, tornam-se mais interessantes, a melodia da minha música pop favorita em versão acústica passa a me lembrar de você e detalhes tão simples começam a ter muito mais cor. Você se une a mim e, juntos, não nos completamos, mas transbordamos. Tudo que era legal antes, agora é dobrado e dividido em dois. Os sentidos são completamente novos e, desta vez, a vida é muito mais real.

Acho que o coração sente quando alguém gosta da gente de verdade e a segurança no relacionamento surge assim, naturalmente. É até meio difícil afastar aqueles pensamentos, sabe? Que duvidam se o destino estava realmente preparando tudo isso. Olha, acredito que temos que tocar a vida em frente e ela se encarrega de colocar as coisas no lugar. Eu, que não era de gostar de frases prontas, tenho certeza de que me enganei. É bem verdade!

A vida dá aquele empurrãozinho, mesmo que seja um pouco doloroso, complicado de encarar, no melhor estilo quase indignado, como quem exclama de forma surpresa: “você me empurrou?!” Só depois as coisas começam a fazer sentido e a gente chega de frente ao que precisamos.

E foi desse jeito meio louco, meio mágico, que ela colocou você aqui, agora, contemplando a mesma paisagem que eu. E quando você entrelaça suas mãos nas minhas e sussurra em meus ouvidos que eu sou a melhor parte do seu dia, te respondo que você também é a melhor parte do meu.