Paixões que nos movem

30 de agosto de 2013
você está lendo Paixões que nos movem

assuntodemeninos

Amanhã é o dia do blog e pra comemorar, fui convidada para escrever sobre alguma paixão que não tem a ver com os temas que escrevo noDepois Dos Quinze. Tarefa difícil, viu? Em quase quatro anos de blog, foram mais de 3.500 posts publicados por mim e muuuuitos momentos, ideias e sentimentos compartilhados com vocês. Mas como não recuso um bom desafio, encontrei algo e ó, tem tudo a ver com a foto acima.

Eu adoro escrever sobre coisas fofas de menininha, até me visto como uma na maior parte tempo, mas sabe quando eu realmente me sinto à vontade? Quando estou com um grupo (quase sempre só) de garotos conversando sobre assuntos nerds tipo tecnologia, desenho animado, piadinhas bestas, quadrinhos e afins. Durante o colegial todo foi assim (fiz curso técnico de informática industrial, né?), e considerando meus amigos mais próximos de hoje em dia, posso dizer que continuo do mesmo jeito.

Acho essa minha paixão por assuntos tão presentes no universo masculino começou quando eu ainda era uma criança e passava o tempo todo brincando com meus primos e irmão. Eles tinham mais ou menos a mesma idade que eu e como minhas primas de Leopoldina eram bem mais velhas e já estavam naquela fase de namoro-flertar-beijo, aprendi a gostar de tudo que eles também gostavam na época: Pokémon, Digimon, Harry Potter, Yu-Gi-Oh, RPG, Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, Power Rangers, GTA e por aí vai.

desenhos-pref

Quanto mais aventura, monstros e superpoderes melhor. Eu amava mesmo imaginar como as coisas seriam incríveis se tudo aquilo fosse real, sabe? Tipo entrar para uma escola de bruxos, ter uma capa invisível que me deixe espiar sem que ninguém saiba que estou lá (ou talvez entrar no camarim no show da minha banda predileta <3), usar armaduras ou ter um mascote dentro de uma Pokébola.

VERSAO2

Acho que um dos meus desenhos preferidos é Pokémon justamente por isso. Eu era tímida e não tinha muitos amigos na escola, então a ideia de ter um melhor amigo tão leal me deixava fascinada. Posso contar um segredinho? Meu irmão dizia que eu era exatamente igual a Jigglypuff. O pokémon mais fofo e pirracento da história. Não sei se vocês lembram, mas ela se irritava com os outros personagens e começava a cantar uma música que fazia todo mundo dormir instantaneamente. Quando isso acontecia, ela aproveitava pra rabiscá-los e se vingar. Eu nunca cantei muito bem, vocês já viram isso em vídeo, mas talvez eu já tenho usado o meu ~choro~ pra conseguir coisas lá em casa, né? #CoisasDeIrmãoMaisNovo.

pampampam

Em Dragon Ball Z eu gosto mesmo era da Pam, a filha de Gohan com a Videl (e neta do Goku). Ela aparece no final da Saga do Buu e é uma das príncipais personagens da série GT. Junto com Goku e Trunks, viaja pelo universo a procura das Black Stars Dragon Balls. Nem preciso dizer que me identificava com a personalidade dela, né? <3

Aliás, já que estamos falando sobre paixões que fazem que fazem parte e influenciam nossa vida, que tal vocês também participarem dessas postagens especiais em comemoração ao dia do blog? Sei que muitas de vocês também são blogueiras e eu adoraria saber um pouquinho mais sobre cada uma. Vamos combinar assim? Quem fizer o post, deixa o link nos comentários. Depois coloco a listinha completa aqui. :-)

Fiat_DiaBlog_DepoisQuinze_Logo