Entre Amigas: Não tenho muitos amigos!

nao-tenho-amigos

Daniela, 19 anos, São Paulo/SP – Eu sou uma pessoa reservada, fechada e de poucos amigos. Tanto que acabei levando comigo apenas dois amigos da escola. Nos cursos que fiz ano passado e esse ano até encontrei alguns amigos, mas não de sair junto. A minha amiga mora em outra cidade e é difícil a gente se ver, por causa de nossas rotinas. Meu outro amigo também é amigo do meu namorado. Então por não ter grupo de amigos, eu saio com meu namorado, só eu e ele ou então com nosso amigo e outros amigos deles. Embora eu até consiga me dar bem com esse grupo, tem dois problemas: Primeiro que eu me sinto uma intrusa, pois todos eles se conhecem a muito tempo. Eu sou a mais recente e estou sendo incluída como “a namorada”, não como alguém do grupo mesmo. E sempre fico meio grudada no meu namorado, não por culpa toda minha, mas também dele, que já disse que prefere ficar comigo a com os amigos. Mesmo assim, sinto que “roubo” ele do grupo quando estou presente e me sinto desconfortável.

Ei Daniela, tudo bem? Entendo isso de ter somente nosso namorado como único amigo, mas acho que essa sensação de “roubo” quando tira ele perto dos amigos não deveria ter espaço, até porque você é a namorada dele e, portanto é natural que queira fazer parte dos laços de amizades que ele mantém. E outra: pelo o que descreveu, parece que os amigos dele te tratam tão bem, não vejo porque se sentir incomodada, afinal um dos seus grandes amigos é um grande amigo dele também.

O outro problema é que meu namorado ainda assim sai bastante e eu fico em casa na internet. E isso tem me magoado e eu tenho vergonha de comentar isso com qualquer um. Veja bem, eu não ligo dele sair com os amigos. Eu só queria ter amigos para sair também. Começamos a namorar no final do ano passado, e entre isso e o meu terceiro ano, eu praticamente não saio de casa a não ser para ir pra aula.

E seus colegas de escola? Já tentou se aproximar deles? Às vezes a gente fica esperando que algo aconteça e esquecemos que se dermos um só passo, o que a gente espera pode acontecer. O que quero dizer com isso é: não espere os “amigos” chegarem até você! Convide-os para sair, se aproxime deles durante a aula, deixe que as coisas aconteçam naturalmente, que os laços de amizade se criem. Você só precisa dar um empurrãozinho. E é muito simples.

Semestre que vem começo a faculdade, provavelmente em outra cidade. Espero muito que as coisas mudem, mas tenho medo que continue igual: eu com um grupo de amigos que se desfaz rapidinho e só serve para ser usado na aula. Queria desabafar, acho. Minha melhor amiga, da outra cidade, só tem eu como amiga e não quer ter outros, nem para sair. Ela não entende quando falo isso. Meu amigo é o oposto, ele tem muitos amigos. Eu sou mais uma. Obrigada!

Já que terá a oportunidade de conhecer pessoas completamente novas, então crie as oportunidades para que as amizades apareçam. Você pode fazer diferente dessa vez! E não pense que é “só mais uma” no meio dos outros amigos do seu amigo. Ele é seu amigo e pode construir amizade com várias pessoas sem ser menos seu amigo por isso! 

Sei como é chato ficar sozinha e não ter ninguém para sair, mas isso também é só uma fase. Aproveite esse tempo com outras coisas e não se concentre no fato de não ter muitos amigos. Pense no que pode fazer para mudar essa situação, se aproximar de outras pessoas e fortalecer a amizade que já tem com algumas. Espero que consiga! Beijos e boa sorte.

Está enfrentando algum conflito? Tem alguma dúvida sobre amizade, amor, família, etc? Então mande um e-mail para entreamigas@depoisdosquinze.com contendo seu nome, sua idade, sua cidade/estado e conte-nos sua história. E lembrem-se: estamos sempre Entre Amigas!

 

68 comentários