Distúrbios Alimentares e suas conseqüências!

Já que falamos dos transtornos emocionais mais graves (Parte I e Parte II), nada mais justo do que falar de dois problemas que afligem muitos adolescentes na tentativa desesperada pelo “corpo perfeito”: A anorexia e a bulimia. Essas duas doenças, que são alvos constantes da mídia, são muito mais graves do que parecem e não representam somente “um problema desencadeado pela tentativa de emagrecer”. Elas vão além e podem trazer muitos, muitos prejuízos à saúde.

A anorexia, que ocorre quando alguém simplesmente distorce a sua visão no espelho e passa a pensar que está muito acima do peso, é um transtorno que faz a pessoa diminuir sua alimentação e conseqüentemente seu peso até ficar com a aparência esquelética. Resultado de um psicológico abalado que tenta a todo custo se encaixar nos “padrões”, a anorexia pode agravar-se com o tempo e apresentar sérias complicações como alterações no ciclo menstrual, compulsão por exercícios físicos, vontade de pesar-se com freqüência, situações de descontrole seguidas por uso de laxantes e dietas absurdas e o medo intenso relacionado ao ganho de peso.

Paralelo a anorexia, pode ocorrer também o surgimento da bulimia que também implica na obsessão por controlar o peso ou emagrecer. Diferentemente da anorexia, uma pessoa com bulimia pode apresentar um peso aparentemente comum e comer de forma normal. A diferença está no momento em que uma pessoa com bulimia tenta se livrar de tudo que foi ingerido provocando o vômito. Uma pessoa que sofre desse distúrbio pode apresentar pele ressecada, fadiga, oscilações de humor e alterações no ciclo menstrual. Bem como gastrite, esofagite, entre outras doenças que prejudicam seriamente o esôfago e o estômago.

Entre os famosos que apresentaram essas doenças estão a Princesa Diana, a Princesa Vitória, a cantora Alanis Morissette, a atriz Jane Fonda (que atuou no filme A sogra em 2005), o ator Malt Damon (que atuou no filme Os agentes do destino lançado este ano) e a cantora Janet Jackson.

Se conhece alguém que aparentemente sofre de algo desse tipo, não tenha medo de ajudar. Procure um familiar ou um médico especializado. Anorexia e bulimia são doenças sérias e não devem ser banalizadas!

E quando nos deparamos com esses assuntos, nós tornamos a pensar: Afinal, o que é ser bonito? O que é estar nos padrões? Segui-los é realmente importante? Por que simplesmente não podemos ser do jeito que mais no agrada sem se preocupar com a sociedade? Realmente vale a pena mudar e emagrecer simplesmente para suprir fatores estéticos que a sociedade impõe? Pense nisso!

23 comentários