Especial Piercings!

O piercing, assim como a tatuagem, é uma forma de expressar no corpo o que sentimos e o que queremos que sintam ao nos ver. O que nem todo mundo sabe, é que essas tradições surgiram em povos antigos como os maias e os faraós. Na época, grande parte dessas tradições marcavam castas sociais, o que não acontece mais. Hoje, eles são modismos que de certa forma, diferenciam grupos de jovens, as chamadas “tribos urbanas”.

Cada tipo de piercing precisa de um cuidado especial, no geral, a dica é pesquisar e conhecer antes o local onde você pretende fazer o furo. De preferência, converse com pessoas que já furaram naquele ambiente e pergunte se tiveram algum problema.

Para evitar futuros transtornos, o ideal é que o piercing seja, independente de qual tipo, muito bem higienizado. Peça ajuda ao profissional que fizer o serviço, ele te dará dicas especiais para esse período pós-furo.

DICA: Um dos maiores medos de quem fura piercing, é o surgimento da  queloide, aquele carocinho rosado que em alguns casos, aparece bem ao lado do furo. Justamente no periodo da cicatrização. Quando eu furei o meu, infelizmente, apareceu. Fiquei super preocupada, mas graças a indicação de uma amiga, usei uma pomada chamada DIPROGENTA e em menos de dois dias, resolveu tudo.

Selecionei para vocês, alguns dos tipos de piercings mais pupulares e dei a minha opinião sobre eles:

1 Monroe piercing / Madonna piercing

Esse tipo de piercing é bem popular entre as estilosas que costumamos ver no we heart it. Ele tem esse nome justamente porque fica no mesmo lugar da pinta de duas das nossas maiores divas, Madonna e Marilyn Monroe. Ao contrário dos outros tipos de piercing que se popularizaram na década de 70 e 80, ele só foi visto em meados do século 90. Sua cicatrização demora cerca de 11 semanas, e é comum que nos primeiros dias o lábio fique inchado.

Minha opinião: Esse é um dos que teria coragem de colocar. Acho que se a pessoa escolhe uma jóia delicada, como a da foto, dá pra usar e adaptar em qualquer estilo.

2 Piercing de língua

É o piercing menos doloroso e mais rápido de cicatrizar. A língua pode ser furada em vários pontos, em todo o seu comprimento, mas é necessária a experiência de um bom piercer para achar o ponto mais adequado, conforme a pessoa e o seu aspecto físico. A jóia deve ser longa e ter uma determinada espessura, de modo a poder consentir um eventual inchaço da parte e a sua perfeita cicatrização.

Minha opinão: Jamais colocaria um piercing na lingua. Não acho visualmente bonito, e sinto até nervoso de conversar com alguém que tenha (principalmente quando a pessoa fica brincando pra lá e pra cá).


3 -  Nostril

É um dos piercing mais comuns, mas poucos sabem que requer grande perícia por parte do piercer para não encontrar alguns desagradáveis problemas: posicionamento, técnica e jóias adequadas são fundamentais para um furo bem feito. Portanto, não permita a ninguém de utilizar a pistola para brincos e não use os comuns brincos de lóbulo porque são muito curtos e difíceis de desinfetar corretamente.

Minha opinião: Sou suspeita para falar sobre esse, como vocês devem saber, tenho um nesse estilo. Furei em 2008, e na época fiquei muito empolgada. Ao contrário do que dizem por aí, a dor que se sente na hora de furar é totalmente suportável, menor até do que a de quado se fura a orelha.

4 Piercing no Septo

Esse é um dos piercings que, aos olhos de muitos, é (como mínimo) engraçado. Parece piada, mas a verdade é que, para algumas pessoas, às vezes é difícil separar a imagem de uma pessoa com um piercing no septo nasal da imagem de um touro com septo nasal.

A cicatrização pode ser muito dolorida por causa da grande quantidade de terminações nervosa na área.

Minha opinião: Não acho tão feio quanto dizem, mas ainda assim não usaria. Uma porque dói, e outra porque minha vó me chamaria de vaquinha por um ano.

5 Cheek Piercing

A perfuração é feita no tecido facial, na cavidade bucal, normalmente dos dois lados do rosto. Esse piercing também é usado por scenes. A jóia usada é chamada de Labred Stud.

Minha opinião: Ainda não sei a minha opinião para esse estilo de piercing. Pesquisei na internet, e vi muita gente reclamando da cicatriz que fica ao tirar. Então, não faria nem recomendaria pra ninguém.

6 - Smiley Piercing

Perfuração no interior do lábio superior, conhecida como smile ou smiley (sorriso), feita com um circular barbell de aço cirúrgico 316L com 1mm de espessura. O objetivo deste tipo de piercing (como o próprio nome já diz) é que ele apareça somente quando a pessoa sorrir mesmo.

Minha opinião: Série que alguém no mundo acha isso legal?

7Navel Piercing

Esse é sem dúvida alguma um dos mais populares aqui do Brasil.   Olha que legal, na época dos faraós, o piercing no umbigo era exclusivo da família real.

Minha opinião: Esse é um dos únicos que eu não gosto. Acho que fica um pouco vulgar, principalmente porque quem fura geralmente gosta de usar essas blusinhas mais curtas. Meio “piriguetismo”.

8 - Labret

Piercing muito usado pelas tribos, entre elas a Scene, dentre variações de modelos e de formas de perfurações e piercings. Esse piercing faz muito sucesso no mundo rock. O piercing pode ser perfurado na parte inferior ou superior, é importante citar que o profissional deve te mostrar a marcação para você verificar se esta correta a altura, posicionamento, etc. A escolha da jóia também é importante, pois a jóia deve ser igual o diâmetro do furo, se não pode acontecer de inchar e inflamar.

Esse tipo de piercing também é bastante popular aqui no Brasil. Uma das pessoas que ajudou bastante nisso foi a vj e blogueira MariMoon, que desfila sempre por aí com o seu.

Minha opinião: Esse é um dos que eu mais gosto e mais tenho vontade de ter. Não furei até hoje porque tinha aparelho, e acredito que usar os dois ao mesmo tempo, não fique tão legal pra imagem do rosto.

9 - Surface piercing


Surface piercing, ou piercing de superfície, trata-se de um furo realizado em qualquer ponto da pele com superfície plana. Sendo um tipo de piercing recente, é necessário contatar um profissional com absoluta experiência, capaz de identificar a posição e a dimensão adequada para evitar inflamações e crises de rejeição.

Minha opinião: Apesar de em alguns lugares, achar bonito, acho que não teria coragem de furar um desses. Uma porque parece que dói muita, outra porque acho que as cicatrizes que ficam e os riscos são muito grandes.

10 –  Nape Piercing  (Nuca)

Perfuração feita no pescoço, na parte traseira (nuca), pode ser perfurado na vertical ou horizontal. Esse tipo de piercing está incluso na lista de “Surface piercing”.

Eles tem um grau excedente de rejeição, a menos que eles sejam devidamente avaliados e colocados. Ele pode ser rejeitado, se não for devidamente perfurado, como ele está em uma parte do corpo que se move constantemente e é fácil de irritar, com roupas ou outros objetos.

Minha opinião: Não conhecia esse, e confesso que gostei bastante de como fica no corpo e nas fotografias. Mas, por poder ter tantas complicações,  mais uma vez, acho que não vale a pena correr o risco.

IMPORTANTE: Segundo estudo feito pela Universidade do estado de Ohio, nos Estados Unidos, usuários de piercing na boca tem maior chance de perder seus dentes por retração gengival. “O metal do piercing entra em fricção com a gengiva junto à parte mais fina dos dentes, fazendo a gengiva retrair”, disse o professor Jimmy Steele, da Escola de Odontologia da Universidade de Newcastle, no Reino Unido.

E então, qual dos piercings você teria coragem de colocar? Você já tem algum? Conta pra gente!

    387 Comentários