Dente torto, pode Bial?

Depois que comecei usar aparelho, uns quatro anos atrás, comecei a reparar bastante no sorriso alheio. Isso acabou fazendo com que eu percebesse uma coisa que talvez poucos tenham notado: Fora da América (na Europa, por exemplo) o uso de aparelho ortodôntico não é nada comum. Em filmes e revistas podemos notar que até os nossos tão adorados famosos não costumam ter essa prática.  É claro que ninguém é perfeito, o que eu estou querendo comentar com vocês, não é a imperfeição em questão, mas sim a como as diferenças culturais e os padrões de beleza das diferentes partes do mundo.

Dente torto das famosas!

Dizem por aí, que o tratamento dentário por lá é quase dez vezes mais caro do que o aqui do Brasil. Essa falta de costume com a higienização bucal, que os  persegue desde os séculos passados, acaba fazendo com que dentes perfeitos não sejam uma prioridade. Assim, existe uma pequena procura pela serviço, poucos profissionais, e consequentemente, preço bastante elevado.

Dentes tortos na Europa

O SEPARADINHO DA MODA!

Vi recentemente, várias matérias falando sobre a nova tendência que está surgindo na estética graças influência da moda: Os dentes separados. Atualmente, existem cirurgias para deixar os dentes parecidos com os das modelos Lindsey Wixson, Georgia Jagger, Lara Stone e Kate Moss, aquele separadinho – que na foto fica – sexy.

A referência imediata que se faz é com a atriz Brigitte Bardot, símbolo sexual dos anos 1960 e 1970, mas depois dela foram várias as personalidades que tornaram o gap teeth (em inglês) parte de seu charme e beleza.  (Veja mais fotos de modelos com dentes separados aqui)

Eu particularmente acho um charme esse “defeitinho” que as tops estão trazendo para as revistas, mostrando que mesmo com “imperfeições” dá pra ser linda e sexy. Mas, ainda prefiro o sorriso perfeito e o dente completamente alinhado.

Aliás, por falar nisso, devo tirar meu aparelho esse mês ou no próximo, tem notícia melhor?

64 comentários