O beijo

Eu não estava pronta, mas estava ali. Esperando que acontecesse, o que eu não sabia fazer acontecer. Não tinha certeza alguma do que iria acontecer, para falar a verdade, nunca tive. Mas, dessa vez era diferente, eu não conseguia disfarçar. O seu cheiro me atraia, naquele dia mais do que nunca, você provavelmente havia passado mais perfume do que o de costume, ou talvez, eu estivesse mais próxima, próxima demais.

Todas as palavras, que ensaiei para aquele momento, fugiram da minha mente e se esconderam no meu estômago. E para falar a verdade, fizeram uma festa por lá! Enjoo não é a palavra certa, e te juro, eu não costumava a comer borboletas. Seu sorriso, combinava com as minhas bochechas vermelhas, assim como minha cintura combinava com suas mãos. Era a coisa mais estranha do mundo, e eu amava isso.
 

Por:
Categorias:
Tags:
13 comentários